Como fazer uso racional da água

Autor: 
Seleções do Reader's Digest, do livro "Salve o Meio Ambiente"

Selo Reader’s

A chave para se criar um jardim que consuma pouca água está no preparo do solo e em certos cuidados básicos. Os ingredientes mais importantes são mulch e muita matéria orgânica. Se quiser reduzir o trabalho com a manutenção do jardim e economizar água, siga os princípios a seguir.

Como dar partida

  • Revolva o solo para desmanchar torrões grandes de terra e remover pedras. Isso ajuda a umidade a penetrar nas partículas de terra.

  • Veja se o solo escoa bem a água usando o Teste de drenagem (próxima página). Boa drenagem é essencial para que o jardim use a água racionalmente.

  • Adicione muita matéria orgânica - composto, composto de cogumelos e esterco - ao solo, revolvendo-o à profundidade da pá.

  • Agrupe as plantas de acordo com a sua necessidade de água. Dessa maneira, você pode regar juntas todas as plantas que consomem muita água e deixar as mais resistentes apenas com a água da chuva.
    Dica

    Muitas plantas exóticas são tolerantes à seca também. Faça uma pesquisa para descobrir que plantas são adequadas a sua região.
  • Faça uma cavidade no formato de um pires ao redor da base de cada planta, assim toda a chuva será direcionada para seu sistema radicular.

  • Mesmo a planta mais resistente à seca necessita de rega quando recém-plantada, por isso encharque a área com um regador cheio, de forma gradual, certificando-se de que a água está penetrando no solo.

  • Cubra a região das raízes com bastante mulch, cuidando para que ele não se acumule ao redor do caule ou tronco da planta. Senão, a planta pode desenvolver podridão do colo.

Uso racional da água

Escolhas para o uso racional da água

Preserve a água e economize dinheiro ao escolher cuidadosamente suas plantas. Pesquise sua necessidade de água antes de comprá-las.

  • Plantas nativas brasileiras e gramíneas de áreas secas lidam bem com longos períodos de seca. Exemplo: cactos no Nordeste do Brasil.

  • Eucaliptos e acácias são boas escolhas para jardins com uso racional de água, porque suas folhas pendem verticalmente, reduzindo a exposição ao sol e diminuindo a perda de água.

  • Escolha plantas com folhas cinza ou prateadas, como orelha-de-lebre (Stachys byzantina). Elas são cobertas com uma penugem que reduz a perda de água.

  • A maioria das plantas aéreas, como barba-de-velho (Tillandsia usneoides), não precisa de rega e sobrevive apenas da umidade da atmosfera.

Veja outras maneiras de salvar o meio ambiente, por Seleções