Produtos químicos e limpeza a seco

Autor: 
Editores do Consumer Guide

Esta seção vai traçar as definições de alvejantes e produtos químicos, assim como seu uso adequado.

Alvejantes

Cloro: geralmente usado como alvejante de tecidos de algodão, linho e sintéticos, o alvejante à base de cloro também pode ser usado como um desinfetante e tira manchas. Por ser um material potente pode enfraquecer as fibras. Se deixados de molho por muito tempo em uma solução de alvejante até mesmo o algodão e o linho ficarão mais fracos. Este tipo de alvejante não deve ser usado na seda, na lã, ou tecidos expostos à luz do sol (cortinas, por exemplo). Para evitar que o tecido se estrague, sempre faça um teste antes do uso em uma área mais escondida do tecido e enxágüe completamente os artigos que foram alvejados. Atenção: o alvejante à base de cloro é tóxico. Se entrar em contato com a pele ou com os olhos causa queimaduras e irritação. Leia todas as advertências no rótulo. Nunca o misture com outras substâncias de limpeza, especialmente o amoníaco, já que isto vai liberar a cloramina, uma substância altamente tóxica.
 
Agentes redutores: contêm uma substância química chamada hidrossulfito e são usados tanto para remover manchas quanto para clarear tecidos antes de serem tingidos de uma cor mais clara. Eles são seguros para fibras de cores firmes, mas causam o desbotamento ou remoção de muitos corantes. Sempre faça um teste prévio dos agentes redutores em um canto imperceptível do artigo que está sendo cuidado. Se o produto causa uma mudança de cor ao invés de desbotar o tecido, enxágüe com água imediatamente e poderá recuperar a cor original. Contudo, se as cores desbotarem quando o agente redutor for aplicado, a cor original não pode ser recuperada. O agente redutor não deve ser usado ou armazenado em recipientes de metal. O agente redutor Rit (Phoenix Brands) é um bom produto e pode ser encontrado em farmácias, armazéns e lojas de artigos variados. Atenção: agentes redutores são tóxicos. Evite o contato prolongado com a pele. Observe todas as precauções no rótulo.

Peróxido de hidrogênio: a solução de peróxido de hidrogênio a 3% vendida nas farmácias como um anti-séptico suave é um bom alvejante, seguro para a maioria das superfícies e todas as fibras (apesar de que os tecidos tingidos devem ser previamente testados para a firmeza da cor). Tome cuidado para não comprar uma solução mais forte vendida para clarear o cabelo. O peróxido deve ser guardado em um local fresco e escuro. Compre quantidades pequenas; ele perde seu poder se for armazenado por muito tempo. Não use ou armazene o peróxido em recipientes de metal. Se despejar peróxido demais, não despeje o excesso de volta no frasco porque este produto se contamina facilmente.

Perborato de sódio: é possível comprar o perborato de sódio com nomes de marca (como o Oxiclean) ou como um produto genérico nas farmácias. Vendido em forma de cristal, pode ser usado em todos os tecidos e superfícies, apesar de, novamente, recomendarmos um teste prévio para garantir que o seu tecido é de cor firme. Este tipo de alvejante de oxigênio age mais devagar do que o peróxido de hidrogênio. Quando usar este alvejante, certifique-se de lavar bem o material onde o produto foi passado.

Produtos químicos

Ácido acético:
uma solução de ácido acético a 10% pode ser comprada em forma genérica em farmácias. O vinagre branco é um ácido acético a 5% e pode ser usado como um substituto para uma solução mais forte. Ele é um líquido claro usado para remover manchas da seda e da lã. Precisa ser diluído com 2 partes de água para ser usado no algodão e no linho (recomenda-se um teste prévio). Ele não deve ser usado no acetato. Se o ácido acético causar uma mudança de cor, passe uma esponja com amoníaco na área afetada.

Acetona: pode ser adquirida na sua forma genérica nas farmácias e lojas de hobby. Um líquido sem cor que tem cheiro que parece menta, pode ser usado em manchas causadas por substâncias como esmalte de unhas ou cimento doméstico. Apesar de não estragar tanto as fibras naturais, assim como a maioria das sintéticas, faça um teste prévio para garantir que os tecidos tingidos não serão prejudicados. Não deve ser utilizado nos tecidos que contém acetato. Use apenas acetona pura em manchas; apesar da maioria dos removedores de esmalte conter acetona, os outros ingredientes incluídos nestes produtos podem piorar as manchas. Atenção: a acetona é inflamável e evapora rapidamente, produzindo gases tóxicos. Quando usar a acetona, trabalhe em local aberto ou bem ventilado. Evite aspirar os vapores. Guarde em um frasco bem tampado em um local fresco.

Álcool: o álcool isopropil comum (70%), que pode ser adquirido em sua forma genérica nas farmácias, é suficiente para a maioria dos trabalhos de remoção de manchas que pedem o álcool. Apesar de ser mais forte do que o álcool desnaturado (90%), ele também pode ser utilizado. Não compre o produto com adição de cor ou fragrância. Ele desbota alguns corantes; faça um teste prévio antes de usar. O álcool estraga o acetato, o tri acetato, o modacrylic e as fibras acrílicas. Se precisar usá-lo em fibras da família do acetato, dilua-o em duas partes de água. Atenção: o álcool é tóxico e inflamável. Siga todas as precauções do rótulo.

Amoníaco: para a remoção de manchas, adquira um amoníaco puro, sem adição de cor ou fragrância. Ele é vendido nos mercados. O amoníaco afeta alguns corantes, por isto, sempre faça um teste prévio em um canto escondido do artigo manchado. Para recuperar a cor modificada pelo amoníaco, enxágüe a área afetada com água e aplique algumas gotas de vinagre branco. Enxágüe com água corrente novamente. O amoníaco estraga a seda e a lã; se precisar usá-lo nestas fibras, dilua-o em partes iguais de água e use o menos que puder. Atenção: o amoníaco é tóxico. Evite aspirar vapores do produto. Ele causa queimaduras ou irritação se entrar em contato com a pele ou com os olhos. Siga todas as precauções do rótulo. Nunca misture o amoníaco com o alvejante à base de cloro, porque isto libera a cloramina, uma substância altamente tóxica.

Saiba mais sobre outros produtos químicos para a remoção de manchas e solventes para limpeza a seco na próxima seção.