Como funciona um quarto do pânico

Autor: 
Tiffany Connors

Quando você ouve "quarto do pânico", pode pensar no filme de 2002, em que Jodie Foster se esconde em um quarto reforçado em uma casa, em Manhattan (em inglês). A personagem de Jodie Foster tem uma infinidade de equipamentos de vigilância e suprimentos, mas ladrões a aterrorizam e atacam o quarto até que ela é forçada a sair e confrontá-los.

closet
Fotógrafo: John Wollwerth | Agência: Dreamstime
Um armário embutido reforçado pode ser um excelente quarto do pânico

Porém, os quartos do pânico geralmente são menos perigosos e emocionantes do que parecem. Em primeiro lugar, eles costumam ser chamados de "quartos seguros", o que os fazem parecer um pouco menos dramáticos. Mas suas origens datam muito antes de qualquer filme da Jodie Foster. Senhores feudais medievais, por exemplo, usavam quartos seguros como proteção contra os confrontos. Mas será que Hollywood mostrou um quarto do pânico de verdade?

Os quartos do pânico de hoje podem ter uma alta tecnologia. A maioria dos especialistas em segurança diz que com equipamentos de comunicação básicos, os ocupantes só precisam se esconder no quarto por uma ou duas horas, quando a casa é invadida.

Para entender o quarto do pânico, precisamos entender primeiro por que as pessoas precisam dele. As fortalezas mais avançadas vêm com etiquetas de preços bem grandes, então geralmente apenas os mais ricos podem comprá-las. Porém, com o aumento dos alertas terroristas e das catástrofes relacionadas ao clima nos Estados Unidos, os quartos do pânico básicos estão se tornando mais populares. Eles são construídos com materiais resistentes ao clima e possuem máscaras de gás e tabletes de iodeto de potássio para proteção contra ataques biológicos e nucleares. E alguns fabricantes afirmam que seus quartos podem acomodar famílias por um longo período - até mesmo por um mês.

Além de suprimentos básicos e uma boa fechadura, os quartos do pânico incluem uma grande quantidade de recursos, desde uma série de artilharias até um bar com bebidas e uma pia. Mas é difícil conseguir detalhes - como as pessoas estão pagando por privacidade, a maioria dos fabricantes de quartos do pânico não fornece muitas informações.

Neste artigo, vamos entrar em um quarto do pânico. Vamos explorar como são os quartos do pânico reais e como eles surgiram. Será que você deveria comprar um? Onde comprá-lo? O que os tornam mais seguros do que qualquer outro cômodo de sua casa?

Suprimentos para o quarto do pânico
Para um quarto do pânico básico, o manual de Preparação para Emergência do Departamento de Justiça dos Estados Unidos recomenda os seguintes suprimentos:
  • alimentos não perecíveis;
  • estoque de água limpa;
  • kit de primeiros socorros com os medicamentos necessários;
  • lanternas e pilhas extras;
  • rádio movido a pilha e pilhas extras;
  • roupas;
  • suprimentos para higiene;
  • documentos importantes;
  • um par de óculos extras;
  • cobertores;
  • cartões de crédito e dinheiro;
  • um rolo de fita adesiva;
  • tabletes de iodeto de potássio (para evitar doenças causadas por radiação).

­[fonte: Departamento de Justiça dos EUA]

­