Como funcionam os fogões de indução

Autor: 
Nicholas Gerbis


Você anseia pela simplicidade e aquecimento rápido dos fogões elétricos, mas quer algo com um controle de temperatura mais preciso? Talvez o seu cozinheiro favorito na TV o tenha convencido de que fogões a gás são a melhor solução, mas a ideia de esburacar a cozinha para passar encanamento de gás não entusiasma. Ou talvez você tenha um fogão a gás, mas deseja poder regular melhor a chama sem risco de desligá-la. Não importa qual seja o seu partido, na hora de limpar, é provável que a preferência seja, em lugar de qualquer dos dois, uma das novas linhas de fogões de balcão com tampos térmicos de vidro e cerâmica.

Fogões de indução
Cortesia de Consumer Guide Products
O fogão de indução aquece apenas a panela

Mas existe outra opção. Os fogões de indução têm velocidade melhor que a dos elétricos, resposta de controle de temperatura precisa como a dos fogões a gás e uma facilidade de limpeza superior a dos fogões de vidro e cerâmica. Enquanto nos demais fogões a comida é aquecida indiretamente, pela aplicação de uma chama ou superfície quente ao fundo de uma panela, os fogões de indução usam o eletromagnetismo para eliminar intermediários e aquecer as panelas em si. O resultado é comida aquecida de forma mais equilibrada e um fogão mais frio.

Neste artigo, vamos descobrir como o mesmo princípio de geração de energia usado pelos geradores gigantes de represas ajuda cozinheiros a produzir emulsões melhores e chocolate sem a necessidade de um duplo forno. Também indicaremos o que você deve saber antes de decidir comprar, instalar ou usar fogões de indução. Antes disso, vamos observar os benefícios dos fogões de indução e a física surpreendentemente simples da indução eletromagnética.