Os pássaros, as abelhas e outros animais

Autor: 
Jane McGrath

As pessoas foram capazes de domesticar uma variedade de outros animais que cuidam de várias outras funções para nós.

silkworm cocoons
Keren Su/Stone Collection/Getty Images
Trabalhadores colhendo casulos de bichos-da-seda na China
  • Galinhas e galos - primeiramente domesticados para as "rinhas" (brigas de galo). Nessa fase, as galinhas não produziam ovos com freqüência. Isso passou a acontecer depois que as pessoas começaram a domesticá-las especialmente para esse fim [fonte: Encyclopedia Britannica].
  • Perus - os índios americanos da região que hoje é o México provavelmente foram os primeiros a domesticar o peru, e a Europa desconhecia o animal até o século 16. Por ser um dos poucos animais nativos domesticados da América, faz sentido que os americanos comemorem o Dia de ação de graças comendo essa ave.
  • Abelhas - antes do século 19, as pessoas dependiam do mel como fonte principal de doçura. Elas conseguiam esse mel em colméias e não é preciso dizer que se arriscavam a levar várias ferroadas para consegui-lo. Em certo momento, as pessoas foram capazes de domesticar as abelhas levando-as a habitar colméias rudimentares feitas pelo homem. No século 19, Lorenzo Lorraine Langstroth aperfeiçoou significativamente a estrutura da colméia para permitir métodos mais eficientes para a produção do mel.
  • Bichos-da-seda - os bichos-da-seda produzem casulos para seus ovos, que os humanos usam para fazer a seda. Os historiadores acreditam que a produção de seda teve início na China, por volta de 3.000 a.C., revelando que as pessoas já deviam ter começado a domesticar o bicho-da-seda por volta dessa época.
  • Coelhos - por volta do primeiro século a.C, as pessoas usavam furões para expulsar os coelhos de suas tocas no chão. Mais tarde, monges franceses medievais domesticaram os coelhos e os criaram para alimentação.
  • Hamsters - a origem dos hamsters domesticados data de 1930, quando uma mãe e uma ninhada de filhotes de hamsters foram pegos na Síria. Inicialmente, as pessoas reconheceram o seu valor em experimentos científicos e mais tarde como animais de estimação. Se você conhece a velocidade de reprodução dos hamsters, não vai ficar surpreso de saber que toda a população de hamsters domesticados descende dessa única família [fonte: History World (em inglês)].

Alguns dos animais incluídos nessa lista têm a sua "domesticação" questionada. Autoridades no assunto, como Jared Diamond, usam uma definição rígida de domesticação, que inclui apenas os animais cuja maquiagem genética foi alterada do tempo de seus ancestrais para permitir que os humanos manipulassem sua procriação e dieta. Ainda podemos domar animais individuais para fazer o que desejamos, mas sem alterar sua natureza. Por exemplo, apesar de Aníbal (em inglês) e sua famosa travessia dos Alpes sobre elefantes, Diamond diz que os elefantes podem ser chamados apenas de domados, pois eles nunca formaram uma nova espécie por meio do processo de domesticação.

Apesar disso, muitas fontes, como a Encyclopedia Britannica, usam uma definição ampla do termo domesticação para incluir animais como os que discutimos nesta página.

Para mais informações sobre animais, explore os links na próxima página.