Reamalgamação de um acabamento antigo

Autor: 
Editores do Consumer Guide

A reamalgamação é uma boa técnica para dar vida nova aos móveis com acabamento craquelado, fissurado ou arranhado. Basicamente, a reamalgamação é uma liqüefação do acabamento estragado, para que seque sólido e limpo. Ela é fácil de aplicar e pode eliminar a necessidade de refazer o acabamento. 

Intersecting cracks, or
2006 Publications International
Um acabamento craquelado,
geralmente resultado de sol excessivo
ou mudanças de temperatura, 
pode ser restaurado pela reamalgamação

Craquelado, fissurado e rachado são basicamente o mesmo tipo de estrago. São causados tanto pela luz do sol quanto pela mudança de temperatura e podem ser elimidados pela reamalgamação. O acabamento craquelado tem muitas linhas cruzadas formando um desenho rústico. O acabamento fissurado tem linhas irregulares em todas as direções. O acabamento rachado tem linhas maiores ou apenas uma linha cruzando a superfície. Acabamentos arranhados podem ser reamalgamados apenas se os arranhões não estiverem por baixo do acabamento. Se os arranhões estiverem na própria madeira, você vai precisar refazer o acabamento da área.

O tipo de acabamento no móvel determina o solvente usado para a reamalgamação: a goma-laca é reamalgamada com álcool desnaturado; laca é reamalgamada com solvente de laca; e a mistura de laca com goma-laca, com uma mistura de três partes de álcool e uma parte de solvente de laca. O verniz geralmente não pode ser reamalgamado.


Antes de trabalhar no acabamento, limpe muito bem o móvel com líquido mineral ou essência de terebintina para remover a cera e a sujeira. Não trabalhe em um dia muito úmido se o acabamento for goma-laca - o álcool usado para liqüefazê-la pode transferir a mistura do ar para o acabamento, resultando em esbranquiçamento ou avermelhamento.


O segredo da reamalgamação é trabalhar rápido, especialmente com laca. Comece pelas pequenas áreas para sentir como é. Uma vez que estiver satisfeito com os resultados, avance para reamalgamar todo o acabamento. Aplique uma quantidade moderada de solvente com um pincel novo e de cerdas naturais. Compre um amalgamador. Use álcool desnaturado em goma-laca; solvente de laca em laca; uma mistura de álcool e solvente de laca em material de goma-laca e laca.


Para reamalgamar a superfície do acabamento, aplique o solvente no sentido do desenho da madeira em longas e rápidas pinceladas, trabalhando rápido e não deixando o pincel secar. Não tente retirar com o pincel os craquelados ou arranhões nessa fase - muitos deles vão desaparecer quando o acabamento secar. Se você estiver trabalhando muito em marcas individuais, pode estar removendo o acabamento em vez de liqüefazê-lo.


Enquanto o solvente seca, o acabamento vai ficando bem brilhante e, depois de 30 minutos ou mais, começa a ficar muito embaçado. Se a reamalgamação for bem-sucedida, os arranhões e entalhes vão desaparecer e o acabamento vai parecer sólido.


A reamalgamação nem sempre é um processo realizado em uma única etapa. Se o craquelado no acabamento for profundo, pode precisar de duas ou três aplicações de solvente para removê-lo. Se a repetição de reamalgamação não funcionar, o problema é provavelmente na madeira e você vai precisar refazer o acabamento.


Depois da reamalgamação, se a superfície ficar embaçada, lustre levemente o acabamento com lã de aço, trabalhando em uma única direção ao longo do desenho da madeira. Não faça muita pressão, apenas dê um leve polimento e depois limpe bem a superfície com um pano limpo. Se o acabamento reamalgamado for muito fino, limpe a superfície com um pano macio e aplique uma nova camada do mesmo acabamento, bem em cima do antigo. Deixe o acabamento secar, lustre levemente com lã de aço e depois encere o móvel com cera em pasta. Lustre a madeira encerada com um pano limpo.


Recuperando um acabamento desbotado

Avermelhar uma descoloração esbranquiçada no acabamento é um problema comum em móveis com acabamento de goma-laca e pode ser um problema com a madeira laqueada. O acabamento de verniz não é afetado pelo avermelhamento. O avermelhamento pode ser causado por uma mistura prolongada de alta umidade, exposição à água ou apenas envelhecimento. Se o embaçado não estiver muito profundo no acabamento, você pode removê-lo com lã de aço e óleo ou reamalgamando o acabamento. Avermelhamento muito profundo, entretanto, pode ser eliminado apenas refazendo o acabamento.

Quando o avermelhamento ocorrer em um acabamento craquelado ou rachado, tente a reamalgamação primeiro - isso pode remover o avermelhamento e também eliminar as rachaduras. Se o acabamento não estiver craquelado ou se a reamalgamação não remover o avermelhado, use lã de aço para remover a descoloração.


Antes de começar, certifique-se de que a superfície esteja limpa. Remova a cera e a sujeira com líquido mineral ou essência de terebintina. Depois mergulhe a lã de aço em óleo mineral, óleo de linhaça ou óleo de salada e esfregue suavemente ao longo do desenho da madeira. Trabalhe devagar e certifique-se de que a lã de aço esteja sempre bem molhada com óleo. O abrasivo é removido da parte de cima do acabamento, deixando um acabamento limpo. Seque a madeira com um pano macio e dê polimento com uma cera em pasta. Se o avermelhamento for na parte de cima do acabamento - e geralmente é - esfregar com uma lã de aço resolve o problema. Caso contrário, você vai precisar refazer o acabamento da madeira.


O que acontece se o acabamento de seus móveis se desgastar? Vamos falar sobre como revestir um acabamento gasto na próxima seção.