Como reparar um telhado com vazamentos

Autor: 
Fix-It Club


tetos e paredes

Algumas vezes, os vazamentos aparecem nos telhados anos antes da necessidade de substituir a cobertura inteira. Normalmente, a causa pode estar em telhas e taubilhas quebradas ou faltando. No caso de telhados planos, pode ocorrer devido a áreas com bolhas no revestimento ou com fendas. O mais difícil, em caso de vazamento, é justamente conseguir localizá-lo.

 

Neste artigo, apresentamos sugestões úteis para encontrar e consertar vazamentos em todos tipos de telhado, bem como indicações para a manutenção de canaletas e tubulações de ventilação. Como trabalhar em cima de um telhado pode ser perigoso, conheça algumas medidas de precaução em "Sugestões de segurança para o reparo de telhados". Essas dicas poderão evitar a ocorrência de ferimentos graves.

Vamos começar pelos reparos de vazamentos em coberturas de telhas.

 

Cobertura de telhas

As coberturas de telhas costumam ser fáceis de consertar. No ponto em que o vazamento foi marcado, procure telhas danificadas, torcidas ou faltando. Procure rupturas no cobre-juntas, falhas na calafetagem ou vãos na linha da argamassa em todos locais de encontro de duas superfícies e em torno das chaminés ou dos tubos de ventilação.

 

Deve-se chamar um profissional se não forem localizados danos em telhas ou cobre-juntas danificados na área do vazamento. O problema pode estar nos cobre-juntas inadequados ou na deterioração das telhas.

 

Os reparos serão simples se for comprovado que o problema se encontra nas telhas. Telhas retorcidas para trás podem ser fixadas novamente com massa asfáltica ou com mastique de tubos para ser aplicado com pistola de calafetagem. Em climas quentes, a telha curvada pode ser endireitada facilmente. Nos climas frios, as telhas se tornam quebradiças e devem ser amaciadas antes de serem endireitadas.

 

Para amaciar telhas quebradiças, use com cuidado um maçarico de propano com um bocal espalhador de chama. Aplique a chama cuidadosamente nas bordas retorcidas da telha, esquentando-as apenas o suficiente para amaciá-las. Faça com que as bordas da telha fiquem planas.

Lista do material necessário
Algumas ferramentas necessárias para a substituição de telhas:
  • pé-de-cabra
  • raspadeira
  • telha de reposição
  • faca de múltiplas lâminas
  • prego de telhado galvanizado 6d
  • martelo
  • argamassa asfáltica
  • colher de pedreiro

 

Para fixar a telha novamente aplique bastante argamassa na base. Normalmente, uma boa quantidade de argamassa em cada canto é o bastante. Pressione a telha firmemente no lugar.

 

As telhas que estiverem laceradas, estragadas ou faltando deverão ser substituídas. As telhas que puderem ser levantadas
do telhado com facilidade estão estragadas e deverão ser substituídas.

 

Se houver uma grande área de telhas estragadas, é possível que um novo telhado seja a solução. Se isso estiver acontecendo, é melhor chamar um profissional. Caso contrário, substitua as telhas danificadas.

 

Em caso de emergência, corte remendos do tamanho das telhas de mantas de alumínio ou de cobre. Para substituir telhas danificadas:

 


1 - Remova a telha danificada e retire os pregos cuidadosamente com o pé-de-cabra. Retire a telha antiga. Se não houver resíduos de argamassa solta ou quebradiça na base, raspe para deixar o local limpo. Se a telha tiver sido arrancada durante uma tempestade, retire os pregos salientes que, porventura, tenham ficado no telhado . Os pregos que não estiverem salientes podem ser deixados em seus lugares.

 

 


2 - Para facilitar a colocação da telha nova, arredonde ligeiramente seus cantos traseiros com uma faca utilitária afiada.

 

Arredonde os cantos da nova telha e deslize-a no vão.
Publications International Ltda, 2006
Arredonde os cantos da nova telha e deslize-a no vão. Levante os cantos
das telhas em superposição e crave um prego em cada canto da nova telha.

3 - Deslize a nova telha para dentro do vão com a borda da frente alinhada com as telhas laterais e sua borda traseira colocada embaixo da fileira acima dela.

 

4 - Levante os cantos das telhas em superposição e fixe o topo da nova telha com pregos de telhado galvanizados 6d, cravados em cada canto. Cubra as cabeças dos pregos com argamassa e depois suavize as bordas das telhas superpostas.

 

Na substituição de fileiras de telhas será necessário arredondar os cantos traseiros apenas onde a fileira do topo encontra a fileira acima. As telhas da cumeeira, as que têm a forma de uma tenda ao longo da linha mais alta do telhado, podem ser substituídas do mesmo modo. Faça a superposição delas ao longo da cumeeira, cobrindo as telhas dos dois lados. Não use telhas planas, é melhor usar as novas telhas de cumeeira. Cubra com argamassa a base de cada telha de cumeeira antes de assentá-la. Fixe cada canto da telha com um prego para telhado e cubra com argamassa.

 

Para reparar as telhas no divisor de águas do telhado, use telhas de cumeeira, superpondo-as ao longo da linha do divisor.
Publications International, Ltd., 2006
Para reparar as telhas no divisor de águas do telhado, use telhas de cumeeira,
superpondo-as ao longo da linha do divisor. Não tente adaptar telhas comuns à cumeeira.

Uma vez concluída a verificação das telhas e a substituição das que estiverem danificadas, inspecione os cobre-juntas em volta da chaminé, em torno de ventosas ou dos tubos de ventilação e ao longo de todos os alinhamentos de argamassa na junção de duas superfícies.

 

Se os cobre-juntas de metal em torno da chaminé ou da janela do sótão não estiverem totalmente calefetados, cubra as juntas com argamassa usando uma pistola de calafetagem. Ao longo das juntas vedadas, aplique argamassa nas áreas de aparência gasta ou fendilhadas e use uma espátula para fazer isso. Aplique argamassa à vontade e cubra completamente as áreas questionáveis. Cubra as cabeças dos pregos, expostas nos cobre-juntas, com argamassa

 

Os problemas de vazamentos das coberturas planas e das coberturas de taubilhas têm características distintas, bem como modos diferentes de serem resolvidos. Leia a próxima seção para conhecer sugestões úteis sobre o reparo de vazamentos nesses tipos de telhados.

Sugestões de segurança para o reparo de telhados
Trabalhar em um telhado pode ser perigoso. Siga essas dicas para evitar acidentes:
  • os reparos em telhados devem ser feitos em dias ensolarados e quando o telhado estiver completamente seco. Um telhado molhado é escorregadio e muito perigoso;
  • devem ser tomadas medidas adequadas antes de se começar a reparar telhados. Procure usar cordas de segurança;
  • em telhados de forte declividade use uma escada com plataforma para garantir a ancoragem;
  • os sapatos com solas de borracha propiciam aderência mais confiável para trabalhar em cima de telhados;
  • lembre-se sempre onde estão os cabos de eletricidade enquanto estiver trabalhando no telhado.