Como tratar um cão mordido por um animal selvagem

Quando um cão entra em uma briga com outro cão, com um gato ou com um animal selvagem, podem ocorrer ferimentos na pele e em tecidos adjacentes. Muitas brigas podem ser evitadas não deixando seu cachorro solto e usando sempre uma guia quando passeia com ele. O cachorro também deve ser treinado para obedecer seus comandos.

Se seu cachorro entrar em uma briga, não tente separar os brigões com as mãos. Um cachorro brigando vai morder qualquer coisa em seu caminho, inclusive você. Puxe seu cachorro pela guia ou use um bastão longo. Quando a briga terminar, examine seu cachorro com cuidado para ver se há ferimentos ocultos. Você provavelmente vai achar furos ao redor do pescoço e nas pernas. Examine bem o pêlo a procura de manchas de sangue, que podem indicar que a pele foi perfurada.

É importante determinar se o animal que mordeu é vacinado contra raiva. Se for um animal selvagem, como um gambá ou guaxinim, tente caçá-lo para poder examinar o cérebro para verificar a raiva. Nunca toque um animal selvagem com as mãos desprotegidas, mesmo morto. Use luvas ou enrole o corpo em um cobertor. Seu veterinário vai fazer o exame da raiva.

Para cuidar adequadamente de um cachorro que foi mordido, use as dicas a seguir.

Passo 2
2006 Publications International, Ltd.

  • Contenha o cão, se necessário.
  • Aproxime-se do cachorro lentamente, falando em um tom de voz tranqüilizador.
  • Passe uma guia pelo pescoço do cachorro e, então, em volta de um objeto fixo. Puxe o cão contra este objeto e amarre a guia de maneira que o cachorro não consiga mover a cabeça.
  • Faça uma focinheira para sua maior proteção.
  • Corte o pêlo ao redor do ferimento.
  • Lave bem o ferimento com água limpa. Evite usar antissépticos, pois podem causar dor.
  • Examine o ferimento. Se o tecido sob o ferimento aparecer quando você move a pele, provavelmente vai precisar de pontos.

    Passo 3
    2006 Publications International, Ltd.

  • NÃO faça bandagem. Deixe a ferida drenar a não ser que haja sangramento excessivo. Se estiver sangrando muito, siga estes passos:
    - cubra a ferida com um pano limpo ou compressa estéril;
    - coloque sua mão sobre a compressa e comprima com firmeza;
    - mantenha a pressão sobre a compressa para parar o sangramento;
    - se o sangue encharcar o curativo NÃO o remova; coloque outro curativo por cima e continue pressionando até parar de sangrar;
    - se o ferimento for profundo o suficiente para precisar de pontos, leve o cachorro imediatamente ao veterinário;
    verifique com o veterinário se seu cão está devidamente vacinado contra a raiva.

Os cães são nadadores naturais, mas podem ocorrer situações em que um cão nada longe demais e começa a se afogar. Veja na próxima seção como lidar com este tipo de emergência.