Como cortar e reproduzir as plantas

Autor: 
C. Burrell

Embora o assunto clonagem seja delicado em alguns círculos, ela é uma ocorrência comum no mundo das plantas. Em vez de partir de uma semente, certas plantas precisam ser clonadas, ou vegetativamente reproduzidas, de mudas, caules ou de raízes de uma planta-mãe. Outras plantas precisam de mergulhia, que envolve o crescimento de um novo ramo ou caule fora de um existente.

 

A forma como se deve fazer a reprodução depende do tipo de planta com a qual você está trabalhando. Por exemplo, a melhor solução com um arbusto do lilás é fazer uma muda do caule. Por outro lado, as plantas de rábano silvestre são reproduzidas usando-se a muda de suas raízes. As azaléias e os arbustos com ramos rasteiros precisam do processo de mergulhia para estabelecer um novo cultivo.

 

Aprenda mais nesse artigo sobre os tipos de plantas que precisam da técnica que você deseja usar. Daremos instruções úteis passo a passo, além de fotos e ilustrações coloridas para ajudá-lo nos seus esforços de corte e mergulhia das plantas. Para facilitar as coisas, o artigo é separado nas seguintes seções:

 

  • Cortando caules e raízes

    Saiba como fazer brotar novas plantas a partir de mudas de caule para espécies como gerânios, ásteres, crisântemos e campânulas. O corte de caules envolve a poda de uma ponta de cultivo de uma planta madura e a colocação da muda em um recipiente com meio de enraizamento. Seguindo as dicas de cuidados que você encontrará aqui, essa muda de caule logo se transformará em uma nova planta pronta para transplante e florescimento por conta própria.

    Essa seção também mostra por que outras plantas, como as papoulas orientais, são mais bem clonadas utilizando-se mudas de suas raízes. O corte de raízes envolverá a retirada da raiz antes de aparecerem os brotos. Ensinaremos a você qual a melhor época do ano para se pegar mudas de raízes e mostraremos como cuidar corretamente da muda, assim como da planta-mãe.

  • Mergulhia e transplante

    Compreenda a técnica da mergulhia para reproduzir arbustos que são difíceis de enraizar, como o alecrim rasteiro e outros arbustos com ramos pequenos. A mergulhia envolve o corte da casca de uma planta existente e a limpeza da área exposta com um hormônio de enraizamento. Se tudo ocorrer conforme planejado, logo, um novo ramo brotará do corte na casca, e pronto - você terá uma nova planta em seu jardim.

    Essa seção também dará dicas de como e quando transplantar essa nova planta que você criou. Já que o transplante de novos cultivos pode ser um processo bastante delicado, pode ser que você queira obter o máximo de informações para garantir que sua nova muda continue crescendo, mesmo nas condições mais difíceis.  

Seria uma vergonha não reproduzir plantas saudáveis e resistentes no seu jardim, especialmente sabendo como é fácil cortar e fazer a mergulhia. Se quiser duplicar sua papoula oriental favorita, ou simplesmente multiplicar as azaléias, de modo que preencham o jardim, o corte e a mergulhia são as técnicas para a reprodução de plantas saudáveis. Então, faça o "cultivo" com as dicas e técnicas úteis descritas nesse artigo.