Como pintar uma casa

Autor: 
Fix-It Club

Pintar toda a parte externa da sua casa é um trabalho enorme. Mas a sua casa pode não precisar de uma pintura completa. Você pode melhorar a aparência de sua casa e prolongar a duração da pintura por muitos anos, com uma manutenção regular e alguns rápidos reparos. Se você decidir pintar só a entrada - a parte mais desgastada pelo tempo - ou uma ou duas dependências, o processo geral é o mesmo de pintar toda a casa.

Você precisará limpar e preparar a superfície, decidir que tipo de tinta usar e aplicar a tinta. A melhor época do ano para pintar é no final da primavera ou no começo do outono, em um dia seco e não muito ensolarado. Temperaturas abaixo de 4º C e um dia de sol muito forte podem prejudicar a pintura. Inspecione toda a casa antes de pintar e solucione os problemas para prevenir as causas de possíveis estragos na pintura.

Guia de solução de problemas em pintura exterior
Existem inúmeros problemas relacionados com a pintura exterior, desde bolhas até riscos. Para um guia útil de como resolver problemas dessa natureza, clique aqui (em inglês).

Falaremos sobre os fundamentos da pintura da parte externa da casa neste artigo, começando com esta primeira seção sobre como lidar com vários problemas de pintura.

Quando a pintura descasca

Normalmente a pintura descasca sobre a madeira úmida. Isto também pode ser resultado da umidade que sai do interior da casa. Se você não conseguir controlar a umidade com exaustores, use base látex e tinta látex. O látex elimina a possibilidade de umidade na pintura.

Outro motivo pode ser uma superfície suja ou lustrosa. Para resolver o problema, todos os fragmentos soltos de pintura devem ser raspados com uma escova de metal e a superfície deve ser lixada para alisar as partes irregulares. Os lugares descobertos devem ser preparados antes de pintar.

Aparência de couro de jacaré

Este problema parece exatamente o que o nome sugere: o couro de um jacaré. A pintura encolhe em ilhas individuais, mostrando a superfície anterior, geralmente causada porque a cobertura de cima não está aderindo à pintura que está embaixo. Talvez as tintas não sejam compatíveis ou a segunda camada foi aplicada antes que a primeira estivesse seca. Para livrar-se do problema, raspe a pintura velha, lixe, prepare a superfície e pinte novamente.

Aparecimento de bolhas

Pintura que levanta da superfície e forma bolhas ocorrem geralmente devido à umidade ou pintura inadequada. Para corrigir o problema, primeiro raspe as bolhas. Se você consegue ver madeira seca atrás das bolhas, o problema é causado pela umidade. Já se você encontrar tinta atrás das bolhas, então é uma bolha solúvel e provavelmente é causada pela pintura com uma tinta a óleo ou baseada em ácido anidrido em clima quente. O calor forma uma película na pintura e prende o solvente em uma bolha.

Enrugamento

Pintura nova pode escorrer e formar uma série de dobras como rugas da pele. Isto ocorre quando a tinta utilizada é muito espessa e forma uma película sobre a que está embaixo, ainda em estado líquido. Isso também pode acontecer se você pintar em um dia frio. A superfície fria embaixo da tinta demora a secar. Para pintar novamente, assegure-se de que a nova tinta tem a consistência apropriada e tenha certeza de espalhá-la enquanto aplica. Antes de fazer isso será necessário lixar a área enrugada e talvez remover totalmente a pintura.

Desbotamento

Existe tinta que tem uma superfície empoeirada. Algumas tintas com base a óleo ou ácido anidrido "desbotam" quando chove. Quando isso acontece, uma camada muito fina de pó é removida, limpando automaticamente a superfície. Na maioria dos casos, esse é um efeito desejável. Mas se estruturas, calçadas e arbustos ficarem manchados, está ocorrendo desbotamento em excesso.

Isso provavelmente acontece devido à pintura sobre superfícies muito porosas que absorveram muito dos agentes aderentes da tinta. Um desbalanceamento químico em uma tinta de qualidade inferior, também pode ser a causa de um desbotamento em excesso. A melhor solução é lavar completamente as superfícies desbotadas e pintá-las com uma tinta que não desbote.

Mofo

Este crescimento de mofo aparece onde a umidade e a falta de sol prevalecem. E se pintarmos sobre ele, é provável que apareça através da nova pintura. Utilize um fungicida baseado em alvejante com cloro ou uma substância comercial para matar canteiros de fungos, antes de pintar novamente.

Depressões

Utilizar um rolo de pintura incorretamente (com muita tinta no rolo) pode criar uma superfície ondulada, irregular. Para corrigi-la depois que a tinta está seca, lixe e pinte novamente a superfície, alisando para fora a nova cobertura um pouco mais espessa.

Tinta que não seca

Esta é talvez a principal razão para se comprar tinta de boa qualidade. Viscosidade prolongada é uma indicação de tinta de baixa qualidade. Se você aplica tinta de baixa qualidade densamente ou durante alta umidade, ela ficará viscosa por um longo período. Tinta boa, ao contrário, seca rapidamente.


Você acha que está pronto para começar? Na próxima seção veremos sobre o trabalho de preparação que você precisará fazer antes de começar a pintura externa.