Como pintar as paredes, tetos e lugares apertados

Autor: 
Walter Curtis

Como as paredes e os tetos são as maiores superfícies em um cômodo, você gasta mais tempo neles. Nesta seção, vamos ensinar as melhores técnicas para pintar paredes e tetos, bem como os cantinhos entre eles.

Paredes

Pinte uma parede inteira antes de descansar para que as partes pintadas não percam suas bordas úmidas. Depois afaste, olhe bem a parede, e cubra qualquer canto esquecido ou manchas. Você escolhe se quer pintar em seções de cima para baixo ou de um lado para outro. Mas se você estiver usando um cabo de extensão no rolo, pode ser mais conveniente começar de um canto alto e fazer um ziguezague pelo cômodo. Desta forma você não tem de constantemente mudar o cabo do rolo enquanto estiver pintando as seções do teto até o chão. Se você for destro, comece pelo canto esquerdo e se for canhoto, comece pelo canto direito do cômodo.

Use um pincel para pintar ao longo das bordas do teto em sua junção com a parede e para pintar os cantos.
�2006 Publications International, Ltd.
Use um pincel para pintar ao longo das bordas do teto em sua junção com a parede e
para pintar os cantos. Esta técnica é chamada de "recorte".

Tetos

Quando passar a tinta com o rolo em um teto, mantenha sempre uma borda úmida para evitar a criação de linhas e curvas. Se você estiver usando uma tinta de secagem rápida, deve trabalhar rápido e sem parar para descansar. Tanto a velocidade quanto a facilidade podem ser obtidas usando-se um cabo de extensão para que você possa pintar do chão em vez de usar uma escada que precise ficar mudando de lugar. Muitos cabos de rolos são feitos para aceitar uma extensão parafusável que você pode comprar em lojas de tinta.

Quando estiver usando um rolo, trabalhe em faixas cruzadas, sempre trabalhando sobre a borda úmida da faixa anterior.
�2006 Publications International, Ltd.
Quando estiver usando um rolo, trabalhe em faixas cruzadas,
sempre trabalhando sobre a borda úmida da faixa anterior

Lugares apertados

Você provavelmente não vai ter espaço suficiente para usar a técnica do ziguezague descrita anteriormente sob e sobre janelas e acima de portas e entradas. Em vez disso, apenas passe o rolo horizontalmente. Para áreas que são mais estreitas do que um rolo de 17,5 a 22,5 cm, use um rolo de 10 cm ou uma brocha. (O rolo é melhor porque dá um acabamento uniforme.) Os pincéis aplicam menos tinta por igual e tendem a deixar rastros.

Agora que você já pintou paredes e tetos, é hora de passar para outras partes do cômodo, como os cantos, rodapés, lambris, janelas e portas.

Você deve pintar as madeiras primeiro ou por último?
Há um grande desentendimento mesmo entre os pintores veteranos sobre pintar as madeiras antes ou depois de pintar as paredes. Isso depende da preferência pessoal. O argumento para pintar antes a madeira é que qualquer pingo ou respingo que acabe na parede vai precisar apenas ser limpo, e não removido, já que a parede vai receber uma nova cobertura de tinta.

Se você decidir pintar a madeira antes ou depois, tenha certeza de inspecionar para ver se há defeitos e fazer os reparos necessários antes de realmente pintá-la. Se você for pintar uma madeira brilhante, lixe suavemente com lixa de papel ou lã de aço antes para ajudar na adesão. Ou, dê uma demão de antibrilho.

Pintar os cantos demora mais do que dividir os cantos das paredes e tetos, e há mais chance de algo dar errado. Seguindo algumas dicas de pintura para tipos específicos de madeira.