Assoalho criativo

Autor: 
Allison Klein

Além dos principais corantes do assoalho padrão, há várias técnicas e opções decorativas. Quase tudo o que você puder imaginar pode ser feito em pisos de madeira (tudo vai de acordo com o gosto do freguês!). Você pode aplicar uma decapagem, técnica que faz a madeira parecer branca ou você pode fazer o piso parecer envelhecido. Algumas outras opções decorativas incluem:

  • bordas - é uma das opções decorativas mais comuns. Com esta técnica, a área principal do piso é de um tipo ou cor de madeira e suas bordas de outro tipo ou cor;
  • ornamentos - essa arte decorativa existe há séculos. Envolve o uso de diferentes peças de madeira, frequentemente em diferentes cores, para fazer um desenho no piso. Os ornamentos podem ser comprados ou personalizados;
  • medalhões - esses desenhos são uma forma de ornamento que foi usada em muitas residências e castelos históricos.


Fotografia cedida por Select Forest Products, Inc.
Amostra de tábua de cumaru com ornamento de bordo

Por que madeira?

- É um produto ecologicamente correto, ou seja, natural, reciclável e renovável.

- Utilizar produtos de madeira duráveis, como o piso maciço, contribui para redução do efeito estufa. De uma forma geral, uma tonelada de madeira representa 1,4 tonelada de gás carbônico (CO2) absorvido pelas árvores. São as árvores jovens, em pleno crescimento, que consomem mais carbono e liberam mais oxigênio. Assim, quando se extrai da floresta as árvores maduras e a madeira é utilizada de forma perene, duplica-se a eficiência da cadeia de CO2 criada pela fotossíntese. Em alguns países como a França, que assumiram compromissos no Protocolo de Kyoto, o governo e os profissionais do setor estabeleceram uma meta de aumento de 25% no uso de madeira na construção até o ano de 2010.

- Utilizando produtos de madeira estaremos incentivando o reflorestamento e a reciclagem das florestas nativas extremamente necessárias para purificação do nosso ar. O retorno econômico é importante para garantir a sustentabilidade da atividade florestal.

Fonte- Associação Nacional do Produtores de Pisos de Madeira