Plantando sem complicações

Autor: 
C. Burrell

Se você está acostumado a cortar a grama toda semana e aparar os arbustos uma vez ao menos, pode ficar aliviado de saber que há maneiras mais fáceis de manter seu jardim com uma boa aparência. Jardins que necessitam de pouca manutenção começam com a escolha de plantas que se adequam às condições do ambiente, de forma que não precisarão de muita atenção para permanecerem vivas. Uma outra opção de baixa manutenção, mas ainda assim bonita, é a jardinagem em vasos. Escolha as suas plantas anuais e perenes favoritas e cultive-as em vasos - nem precisa jardim.

Não importa a sua escolha, existem muitas formas de fazer jardinagem de um jeito mais para divertido do que para desafiador. Vamos começar olhando para os tipos de plantas que você pode colocar em seu jardim - e quais evitar - e que precisem de poucos cuidados.

Algumas plantas são naturalmente mais fáceis de manter, exigindo pouco solo, mas adequado, e exposição certa para crescerem e prosperarem. Você pode plantá-las e deixar que cresçam sem se preocupar com pestes e doenças, grandes podas, irrigação, fertilização ou estaqueamento. Gastar um pouco de tempo encontrando plantas fáceis de cuidar irá livrá-lo de horas de manutenção nos próximos anos.

Arbustos compactos
A seguir você encontra algumas opções de arbustos fáceis de cuidar.
  • ábeto-balsâmico-do-canadá
  • azaléias compactas
  • bérberis compactas
  • boxwood compacto
  • urze
  • cipreste falso compacto
  • cotoneasters
  • daphne
  • deutzia
  • fothergilla
  • hortência, francesa e oakleaf
  • hipérico
  • hollies compactos
  • juníperos compactos
  • leucothoe
  • mahonia
  • dwarf Korean lilac
  • dwarf spruce
  • andrômeda japonesa
  • mugo e outros pinheiros pequenos
  • potentilla
  • pyracantha
  • rosas
  • spirea
  • stefanandra
  • vibirnums compactos
  • Escolha plantas pequenas e de crescimento lento para eliminar a necessidade de podar e cortar. Arbustos altos apenas crescem, crescem e continuam crescendo, às vezes ficando grandes demais para o lugar que ocupam na paisagem.

    O Lilás, por exemplo, cresce em geral até cerca de 3 metros. Se plantado em frente à casa, pode impedir a vista da janela. A única solução é apará-lo regularmente ou substituí-lo. Uma opção melhor é cultivar arbustos pequenos ou variedades compactas especiais que crescem apenas de 0,6 a 1,20 m. Pode ser que nunca precisem de podas e não terão que ser
    moldadas como globos artificiais.

    Flores e vegetais altos podem não conseguir suportar o peso de seus frutos e flores. Podem necessitar estaqueamento, engaiolamento ou suporte com uma grade de arame para impedir que caiam.

    Flores como esporas de jardim, ásters e margaridas brancas agora são disponibilizadas em tamanhos menores que conseguem suportar o peso das flores. Tipos menores de lírios amarelos têm menor probabilidade de caírem quando protegidos da luz do que os tipos maiores. Ervilhas e tomates compactos, mesmo que não suportem totalmente o peso, podem crescer livres, ou precisam de pequenas grades ou suportes para que fiquem presos com segurança.
    />/>/>

  • Evite as perenes que se espalham rápida e agressivamente, a aquiléia, plume poppy, artemísia "Silver King" e a monarda. Embora sejam plantas adoráveis, tem hastes rastejantes que podem se espalhar pelo jardim, conquistando cada vez mais espaço e aparecendo no meio das plantas vizinhas. Para mantê-las contidas em seus lugares é preciso dividir, transplantando-as e dividindo-as em pedaços menores para replantá-las. Isso precisa ser feito uma vez ao ano. O melhor é simplesmente evitá-las.
  • Evite plantas delicadas como as espinheiras-de-jardim, prímulas e malvas, que precisam de cuidados extras e também de estaqueamento. Embora tenham uma floração espetacular, essas espécies precisam de proteção constante contra pestes e doenças, além de um solo bem cuidado, rico, úmido e, em geral, estaqueamento para não caírem. Se você tiver que experimentar um, procure por espécies cultivadas resistentes a doenças, que são mais fáceis de cuidar.

  • Para plantas que precisam de umidade extra, coloque um ponto de umidade, baixo, no jardim. Você pode escavar um pouco para criar uma poça natural. Plante nos bancos úmidos taboas, sagitárias, prímulas, malmequer dos brejos e outras plantas que amam umidade .
    Take advantage of wet soil by planting a bog garden.
    2006 Publications International, Ltd.
    Para plantas que precisam de umidade extra, coloque um ponto de umidade, baixo, no jardim

Estilo de plantar

Selecionar o estilo certo de planta para uma determinada área também pode reduzir a manutenção. No lugar da grama que precisa fertilização, irrigação e cortes freqüentes, uma área com um gramado auto-sustentável pode ser bem interessante e deixá-lo com tempo de sobra para fazer outras coisas. Estas e outras dicas ajudarão sua paisagem a ficar bonita com menos esforço.

  • Plante os locais onde há ervas daninhas com uma cobertura espessa, para evitar ter que se aborrecer arrancando inços. Essa cobertura de solo funciona bem em bancos de terra, no sol ou na sombra, embaixo de cercas, onde é difícil de tirar os inços, no entorno de locais para guardar ferramentas e outros apetrechos e até mesmo embaixo de árvores, onde há muita sombra e a grama não cresce.

    É importante, no entanto, que se inicie a preparação para essa cobertura em solos sem pestes, assim ela poderá crescer sem concorrência com as outras plantas. Uma outra opção é limpar o solo. Revire a terra com um arado ou uma pá, deixe que as pestes germinem, e revire a terra novamente. Repita o processo até que as pestes tenham sido quase eliminadas.

    Escolha uma cobertura que vingue no local. Ela precisa se espalhar bastante e crescer espessa o suficiente para expulsar as pestes. Nas áreas com sombra, experimente a paquisandra, o epimedium grandiflorum ou o gengibre selvagem. Nas áreas de sol, experimente o junípero rastejante, o lírio-amarelo, as rosas de chão ou outras plantas que são específicas para o clima em questão.

    Para resultados bons e rápidos, compre várias plantas e coloque-as relativamente próximas. Se for muito caro, espalhe as plantas com maior distância, e cubra as áreas abertas com folhas para desencorajar as pestes. Planeje-se para olhar o jardim de vez em quando no primeiro ano e retirar e capinar as pestes que aparecerem. Regue e fertilize o jardim conforme a necessidade para que as plantas da cobertura cresçam e se espalhem rapidamente. Quando tiverem fechado bem o solo, não haverá espaço para as pestes./>/>/>



    Plantas para cobrir o solo
    Essas são algumas plantas e flores para cobrir o solo que ficarão bem em seu jardim de baixa manutenção.

    • aster
    • margaridas amarelas 
    • galhardas 
    • flor de borboleta 
    • flor-de-cone 
    • coreopsis
    • prímulas-da-manhã 
    • gayfeather
    • arnica 
    • maiden pinks
    • grama nativa 
    • penstemon
    • agrião da rocha 
    • margarida branca
    • estrela-de-jerusalém 
    • girassóis
    • tremoço selvagem 

  • Em áreas distantes da casa, plante gramas e flores de cobertura nativas que precisem ser cortadas apenas uma vez por ano. Depois, divirta-se vendo as flores crescerem e caírem conforme a estação.


    É possível encontrar misturas de sementes ou carpetes pré-plantados de plantas rasteiras especialmente combinadas para as diferentes regiões do país. Para perceber quais são as plantas rasteiras que crescem em seu jardim, deixe que cresçam e elas aparecerão sozinhas.

    Enquanto estão começando a crescer, as plantas novas precisarão de água e que as pestes sejam retiradas. Uma vez a cada final de outono, depois que as flores e gramas estiverem em semente, derrube-as e deixa que as sementes se espalhem para o ano que vem. Os carpetes de flores selvagens ou misturas que você compra podem conter flores coloridas que desaparecem após alguns anos. Você pode então espalhar novas sementes ou introduzir novos carpetes de flores para reintroduzi-las para dar cor ao jardim.

    />/>

  • Derrube os caules das flores antigas ao final do outono para limpar o jardim de flores. Antes de cortar qualquer outra coisa com o cortador que não seja grama, certifique-se de que exista um recurso de segurança que irá impedir que fragmentos sejam jogados em você. Usar moedores de grama próprios pode economizar um bom tempo se comparado ao corte manual dos caules. Se você permitir que os caules velhos fiquem no jardim ao invés de colocá-los em sacos, na primavera poderá observar uma abundância de mudas que se auto-semearam.

  • Acelere o processo de decomposição jogando folhas cortadas e galhos antes de colocar os caules na pilha de decomposição. Quanto menores forem os pedaços, mais rápido se decomporão. Pode-se cortar as folhas e galhos facilmente com um triturador ou moedor.

Girassóis selvagends, embora não tão bonitos como esses híbrido, ficam lindos em gramados e jardins.
2006 Publications International, Ltd.
Girassóis selvagens, embora não tão bonitos como esse híbrido, ficam lindos em gramados e jardins

Vasos para plantar podem ser uma opção ainda mais simples para o jardineiro de plantas com pouca manutenção. Além disso, você pode usar a criatividade nos tipos de vasos que escolhe e como os agrupa para criar um visual colorido. Veja mais algumas grandes idéias e dicas sobre a facilidade de fazer jardins em vasos na próxima seção.