Como atrair beija-flores para o seu quintal

Considerada uma das mais belas aves presentes na natureza, o beija-flor é um convidado de honra aguardado por muitos em seu jardim. E existem meios de tornar as casas mais atraentes fazendo com que esses pássaros passem a aparecer com maior frequência.


Foto: Pixabay

O pássaro

Pertencente à família Trochilidae, no Brasil já foram catalogadas 322 espécies de beija-flor, que é conhecido por uma série de outros nomes dependendo da região do país. Ainda é chamado de chupa-flor, cutelo, guanumbi etc. Embora tenha origem na América do Norte, a maior diversidade é encontrada em solo brasileiro e no Equador.

Apesar de seu olfato não ser muito desenvolvido, sua visão é das melhores, o que lhe permite identificar as cores. A alimentação dos beija-flores é baseada essencialmente do néctar que eles recolhem das flores, mas eles também comem pequenos insetos como moscas e formigas.

Métodos naturais para atraí-los

O melhor método para atrair a grande maioria dos integrantes do reino animal é fazer um apelo a seu estômago. Então, se quiser a presença de beija-flores em seu jardim, lhes ofereça alguns de seus pratos prediletos. Azaleias, ervas-cidreiras e todo o tipo de flores coloridas e repletas de néctar são atraentes para essa espécie e vão se tornar um convite quase irrecusável.

Nesse caso, entram na categoria de "prato especial" flores como a lobélia (vermelha ou azul) ou a lonícera, que ofertam mais néctar e, por terem cores fortes, chamam ainda mais a atenção dos pássaros desse tipo.

Todavia, nunca use pesticidas para auxiliar no crescimento dessas plantas. Os beija-flores podem acabar morrendo ao ingeri-los juntamente com o néctar.

A decoração do jardim

O ambiente também é importante. Como o pássaro é capaz de distinguir cores e elas o atraem, espalhar fitas vermelhas pelo jardim podem servir como um eficiente chamariz para os beija-flores.

Crie também espaços para que os pássaros possam repousar. Afinal, eles não vão ficar batendo suas asas o tempo todo. Suportes para plantas ou mesmo pequenas árvores podem resolver essa questão. É importante, no caso dos machos, que o suporte ofereça a visão de todo o território, pois assim o beija-flor terá a condição de observar a área e perceber se algum "concorrente" entrou em seu setor.

Métodos artificiais

Também é possível fazer o convite aos beija-flores sem ter que criar um jardim. Existem disponíveis no mercado bebedouros desenvolvidos exclusivamente para a alimentação desse tipo de pássaro. Eles são feitos de plástico e, embora tenham existido denúncias de que possam prejudicar a saúde dos bichinhos, isso nunca foi cientificamente comprovado.

Esses bebedouros podem ser encontrados em lojas especializadas na venda de plantas, petshops, supermercados e casas de produtos agrícolas. Geralmente possuem um bico de saída em formato de flor para que o beija-flor tente extrair o líquido colocado pelo dono da casa.

Como preparar o néctar artificial

O néctar artificial que deve ser colocado no bebedouro de plástico é preparado com a mistura de água e açúcar na proporção de uma parte de açúcar para quatro partes de água. Nada além disso deve ser inserido. A mistura deve ser trocada a cada três ou quatro dias.

O número de bebedouros a ser colocado pela casa varia de acordo com o tamanho do quintal. Mas é aconselhável sempre posicionar mais do que um.

Contraindicações

O conteúdo adocicado desses bebedouros frequentemente atrai formigas e abelhas, o que não é bom para os beija-flores e também pode ser uma ameaça para os moradores da casa e outros animais que possam dividir o espaço.

Para evitar essa presença indesejável, algumas medidas devem ser tomadas. O combate às formigas pode ser feito com o uso de um algodão ou pano. Molhe-o com óleo queimado e coloque-o no suporte do bebedouro. Isso fará com que esses insetos não se arrisquem a subir até ele.

Já para afastar as abelhas o método precisa ser diferente. Caso os bebedouros venham com flores, o que é bastante comum, retire-as. Os beija-flores só precisam mesmo dos tubinhos que soltam o néctar, elas só servem mesmo como enfeite e ajudam a atrair as abelhas com maior facilidade, sendo usadas ainda como local para pouso.

Outra medida é retirar os bebedouros dos lugares por alguns dias e posicioná-los em locais diferentes tempos depois. Os beija-flores os encontram mais rapidamente do que as abelhas. Uma terceira medida é colocar um tubo mais comprido para servir o néctar, o que dificulta a ação das abelhas.

Se elas persistirem incomodando, borrife óleo de cozinha no bebedouro. O cheiro afasta as abelhas. Ainda existe a opção de fazer um bebedouro caseiro, sem o uso do tubinho.

Como fazer um bebedouro caseiro

O bebedouro caseiro pode ser feito a partir de uma garrafa de refrigerante ou de água mineral do tipo PET de 500 ml ou mesmo menor. Pegue um prego bem fino, esquente sua extremidade e faça um furo na base da garrafa. Ele servirá como ponto de alimentação para os beija-flores. Em torno do furinho, para tornar o local mais atraente, faça uma pintura com esmalte vermelho. Pendure a garrafa com arame ou barbante garantindo que o peso seja suportado.